Marcas de minha alma

Tem dias que ainda tenho dúvida
Sobre para quem são
Minhas músicas de amor
Mas isso não importa
Porque se você fosse um cigarro
Eu te fumava todo
E se você fosse meu
Eu não soltava mais

 
Aprendi que amores profundos
Não fazem bons amigos
E que amores rasos
Não fazem bons poemas
Saiba que se sair agora mal vai doer
Mas daqui a alguns minutos
Será para sempre

 

E não pense
Que as marcas de minha alma
Podem ser limpas com o tempo
Uma vez dentro do meu coração
Não existe saída fácil
Não existe escape em vida

Outros artigos deste autor >

Ana Haeitmann tem 22 anos e é mestranda em literatura na Universidade Nova de Lisboa. Natural de São Paulo, Brasil, vive em Portugal há quatro anos. Escreve poemas, narrativas e artigos jornalísticos.

Outros artigos deste autor >

O renascer da arte a brotar do Interior e a florescer sem limites ou fronteiras. Contos, histórias, narrativa e muita poesia.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts
Ler Mais

DPG lança campanha promocional para professorado da ESO conseguir habilitaçom como docentes de português

Após o lançamento do vídeo “Amor à primeira vista“, para encorajar o alunado para escolherem português no seu centro, A dpg com o apoio da Secretaría Xeral de Política Lingüística do governo galego lança um novo vídeo em múltiplas plataformas e redes sociais dirigido a professoras e professores da ESO conseguirem a habilitaçom para dar aulas de português. Artigo publicado no PGL - Portal Galego da Língua 
Skip to content