Terminou o período de submissão e de qualificação das curtas-metragens candidatas ao Óscar de Melhor Curta-metragem de animação, para os Óscares 2021, a realizarem-se a 25 de abril.

Ao todo são 96 filmes qualificados, dos quais três são de origem portuguesa: “Elo”, de Alexandra Ramires (Portugal, França), “Purpleboy”, de Alexandre Siqueira (Portugal, França), e “Altötting”, de Andreas Hykade (Alemanha, Canadá, Portugal).

A curta “Elo”, co-produzida pela portuguesa Bando à Parte, de Rodrigos Areias, e pela francesa Providences, já passou por diversos festivais de cinema como o Caminhos do Cinema Português, Cinanima, Curtas Vila do Conde, Toronto International Film Festival, Festival de Cinema de Chicago, Animatou – International Animation Film Festival, entre muitos outros.

O filme “Purpleboy” é também uma produção da Bando à Parte e já venceu vários prémios em festivais como o Curtas Vila do Conde, ANIMAGE International Animation Festival of Pernambuco, MONSTRA Lisbon Animated Film Festival e Cinanima.

“Altötting”, do realizador alemão Andreas Hykade, é co-produzida pela portuguesa CICLOPE FILMES, de Abi Feijó, e pela canadiense ONF/NFB, e a alemã STUDIO FILM BILDER. Foi premiada no Cinanima – International Animated Film Festival of Espinho e passou por festivais como o Caminhos do Cinema Português, Animafest – World Festival of Animated Films Zagreb e Annecy – International Animation Film Festival.

Destas 96 curtas-metragens apenas 5 serão seleccionadas para a nomeação da 93.ª edição dos Óscares da Academia Americana de Cinema. Os nomeados serão divulgados a 15 de março de 2021.


Texto de TIAGO RESENDE em www.cinema7arte.pt

Outros artigos deste autor >

Se disséssemos que éramos um bando de miúdos, um tanto sonhadores, que queriam fundar um site para escrever sobre cinema e que, por algum desígnio divino, pudéssemos fazer da vida isto de escrever sobre a sétima arte, seria isso possível? A resposta é óbvia: dificilmente. Todavia Isso não impediu o bando de criá-lo em 2008, ano da fundação do Cinema 7.ª Arte. O espírito do western tinha-se entranhado em nós…
“A atividade crítica tem três funções principais: informar, avaliar, promover”. É desta forma que pretendemos estimular o debate pelo cinema.
Acima de tudo, escreveremos sempre como cinéfilos, esses sonhadores enamorados da sétima arte.
www.cinema7arte.com

Deixe o seu comentário

Skip to content