Foto por ASTA - Teatro e Outras Artes | Facebook

A companhia de teatro covilhanense ASTA-Teatro e Outras Artes coordena a Rede Interior, uma rede itinerante de intervenção cultural, que vai levar dezenas de espetáculos à Covilhã, Belmonte, Fundão, Fornos de Algodres, Gouveia, Manteigas e Seia.

“Paralelamente será ainda criada uma Rede Interior Virtual de visitação itinerante aos espaços patrimoniais dos 7 Municípios, Covilhã, Belmonte, Fundão, Fornos de Algodres, Gouveia, Manteigas e Seia, através de visitas com recurso à realidade aumentada”, anuncia ainda a ASTA.

A iniciativa procura ser uma “alternativa às tradicionais formas de apresentação das visitas guiadas e encenadas, realizadas de forma presencial, permitindo ao turista a visita ao território de uma forma autónoma e ‘fora de horas’, o que torna a ação mais aliciante tendo em conta o atual contexto de pandemia e os aspetos de saúde pública”, explica a companhia de teatro.

Os espetáculos de dança, teatro e artes circenses terão lugar em “castelos, anfiteatros ao ar livre, jardins, escadarias, teatros, praças e largos”, com o objetivo de “promover e valorizar o património histórico-cultural e sensibilizar a comunidade a participar ativamente na afirmação destes territórios”.

O projeto terá início em junho, com a duração de 18 meses, período em que serão apresentados 14 espetáculos itinerantes. A organização assegura que em todos os locais serão aplicados os princípios legais e as diretrizes da Direção-Geral de Saúde (DGS).

Esta nova rede cultural é diferenciadora pelo cariz itinerante dos espetáculos, pela forte ligação ao território e também “pelo seu cariz social de apoio e capacitação dos agentes de cultura locais, que há muito se debatem contra os constrangimentos da crise pandémica”.

Deixe o seu comentário

Skip to content