Foto por Frank Vassen | Flickr

Nova série de seis documentários sobre a vida selvagem na Europa, Europe’s New Wild, vai chegar aos ecrãs no canal NatGeo Wild no início de setembro. Um dos episódios é dedicado ao Grande Vale do Côa.

Segundo notícia da Wilder, a série documenta o trabalho realizado para ajudar à recuperação da vida selvagem, de forma espontânea ou com ajuda humana, em seis dos territórios da área de intervenção da Rewilding Europe e das suas equipas locais.

Um desses territórios é precisamente o Grande Vale do Côa, com cerca de 120 mil hectares de área a ser transformada num corredor de vida selvagem de ligação entre a Serra da Malcata, a sul, e o Canhão Fluvial do Douro, a norte.

Este trabalho de conservação, coordenado pela Rewilding Portugal, permitirá o regresso de especies como lobos, linces, veados, corços e abutres e poderá ser melhor conhecido no episódio “The Missing Lynx” (“O Lince Perdido”).

A série é uma co-produção da Rewilding Europe, da Off the Fence Productions e da Bonne Pioche. Será transmitida em mais de 45 idiomas, para 140 milhões de casas, segundo comunicado da Rewilding Portugal enviado à Wilder.

“Cada episódio conta uma história diferente, mas a série tem um tema unificador – o regresso da magnífica vida selvagem europeia, a natureza selvagem e o impacto positivo do rewilding”, disse Frans Schepers, director executivo da Rewilding Europe.

No Grande Vale do Côa, “o abandono de terras está a ser transformado numa oportunidade para ajudar a natureza a recuperar e revitalizar a área, e também a servir de apoio a empreendimentos que sigam a filosofia de rewilding e que oferecem turismo baseado na natureza”, explica o comunicado.

O episódio estreia em Portugal a 5 de Setembro, pelas 18h00 no canal NatGeo Wild e os grandes herbívoros e o pastoreio natural que podem fazer é um dos seus focos centrais, “já que é um processo fundamental que facilita o regresso de espécies e atua como forma de ajudar a prevenir incêndios florestais”.

Deixe o seu comentário

Skip to content