A Casa do Passal, localizada em Cabanas de Viriato, concelho do Carregal do Sal, tem a sua requalificação e musealização atrasadas, sendo que estava prevista conclusão para 2018.

A casa onde nasceu e morou Aristides de Sousa Mendes, também denominada “Vila de São Cristóvão”, foi considerada património nacional em 2011, através do Decreto n.º 16/2011, de 25 de maio.

A primeira fase de intervenções, ao nível das paredes exteriores e cobertura, fora feita em 2014 e desde então que o processo tem estado parado.

Segundo informações do Jornal do Centro, as obras de requalificação do interior e a musealização devem ficar concluídas entre o final de 2021 e o início de 2022.

Em declaração ao Jornal do Centro, o presidente da Câmara Municipal de Carregal do Sal, Rogério Abrantes, diz que vão “lançar agora uma candidatura, já que a anterior teve de ser anulada porque houve alterações de fundo”, após “algumas questões burocráticas que estão ultrapassadas”, o que poderá demorar “sempre na ordem de um ano e meio”.

Lembramos que no passado dia 9 de junho, foram concedidas Honras do Panteão Nacional a Aristides de Sousa Mendes, através de uma votação unânime no Parlamento Nacional.

 

Ver também:

66 anos da morte de Aristides de Sousa Mendes

Deixe o seu comentário

Skip to content