Praia da Congida. Foto por Raquel Teixeira

A próxima época balnear será diferente do habitual pelas contingências impostas pelo combate à covid-19. No entanto, entre as 38 praias fluviais onde na próxima época balnear haverá bandeira azul, 12 delas encontram-se no interior do país. No total serão 360 com bandeira azul, a contar com as praias costeiras.

As 12 praias fluviais com bandeira azul no interior do país estão localizadas nos distritos de Bragança, Guarda, Évora e Beja.

No distrito de Bragança é seguro frequentar quatro praias fluviais. Duas delas em Macedo de Cavaleiros, Fraga da Pegada e a Ribeira, ambas na Albufeira do Azibo, uma em Freixo de Espada à Cinta, a Congida e Parque Dr. José Gama em Mirandela, vulgarmente conhecida entre os habitantes locais como “Zona Verde”.

Já no distrito da Guarda as que receberam bandeira azul localizam-se em Seia, a Lapa dos Dinheiros e a Loriga e no Concelho da Guarda, a praia fluvial de Valhelhas.

Por sua vez em Évora estão em Reguengos de Monsaraz a Praia Fluvial de Monsaraz, em Portel a Praia da Amieira e a Amieira Marina e em Mourão a Praia Fluvial de Mourão.

Há ainda no distrito de Beja a Albufeira da Tapada Grande em Mértola.

A coordenação nacional do Programa Bandeira Azul, que anunciou as 360 praias na passada quarta-feira, entre costeiras e fluviais, que terão bandeira azul, pediu que sejam acauteladas todas as condições de segurança aquando da época balnear.

José Archer em declarações ao Jornal de Notícias afirma que “quando há Bandeira Azul, e enquanto estiver hasteada, é seguro frequentar”, considerando também que é importante as autoridades locais estarem atentas porque cada um dos locais tem as suas especificidades.

 

Escrito por JL

Deixe o seu comentário

Skip to content