Plataforma Já Marchavas assinala Dia do Orgulho com exposição STOP Homofobia

A Plataforma Já Marchavas vai inaugurar no Dia do Orgulho LGBTQIA+, 28 de junho, pelas 11h, na Biblioteca Municipal de Viseu, uma exposição que assinala os 17 anos da manifestação STOP Homofobia.
stop-homofobia-viseu-2005-1

No dia 15 de Maio de 2005 cerca de 300 pessoas afirmaram publicamente que a homofobia não pode ser tolerada em Portugal.

Intitulada de “STOP Homofobia”, esta ação convocada por associações LGBTQIA+ e outras organizações sociais, foi a primeira manifestação em Portugal contra a homofobia. Uma manifestação que ficou também marcada por agressões verbais aos que estavam presentes.

“Não podemos esquecer. Porque de memória se faz o caminho das lutas pela diversidade e pela igualdade. Que o tempo de luta foi ontem, mas é ainda hoje e amanhã.”, do livro “De memória: História das lutas feministas e LGBTQIA+ em Portugal” (2021).

A inauguração da exposição contará com a presença da Vereadora da Cultura e Ação Social, Leonor Barata, na Biblioteca Municipal de Viseu.

Vem celebrar o Dia do Orgulho com a evocação da memória do movimento LGBTQIA+ português, pois a história também se fez em Viseu.

Exposição STOP Homofobia, de 28 de junho a 3 de julho.

Outros artigos deste autor >

A Plataforma Já Marchavas é um movimento de cidadãs/ãos e de colectivos unidos na defesa de direitos Humanos, Ambientais e Animais.
O projecto Já Marchavas nasceu em maio de 2018 em Viseu reunindo sinergias diversas. Ainda em 2018 o projecto Já Marchavas levou mais de mil pessoas a participar na 1a Marcha pelos Diretos LGBTI+ em Viseu, denominada por alguns como a Marcha do Amor. A Plataforma Já Marchavas surgiu no ambiente pós-marcha concretizando a cooperação do projecto inicial e dando-lhe continuidade para outras causas comuns. Em Dezembro a Plataforma passou a integrar a Rede 8 de Março.

Related Posts
Skip to content