Vota Contra o Racismo

Manifestação Nacional Contra o Racismo, a Xenofobia e o Fascismo acontece amanhã, dia 24 de fevereiro, em Braga, Coimbra, Faro, Guimarães, Lisboa, Porto e Viseu
Grupo de Ação Conjunta Contra o Racismo e a Xenofobia

A Plataforma Já Marchavas associa-se à Manifestação Nacional Contra o Racismo, a Xenofobia e o Fascismo que acontece no dia 24 de fevereiro em Braga, Coimbra, Faro, Guimarães, Lisboa, Porto Viseu.

Sob o mote “Vota Contra o Racismo”, é “urgente que, nos próximos dias, todas as forças políticas democráticas, assumam publicamente compromissos muito claros para combater o racismo, a xenofobia e a islamofobia, que afetam diretamente a vida das pessoas racializadas e comunidades imigrantes, sempre mais vulneráveis no que respeita ao acesso a direitos básicos como a habitação, saúde, educação, transportes, justiça, cultura e informação.”

“Numa altura em que o racismo, a xenofobia e a extrema-direita ganham terreno, não só em Portugal como em toda a Europa e a nível mundial, é urgente sair à rua e mostrar a nossa força para exigir propostas e ações significativas, concretas e eficazes para combater o racismo estrutural e institucional patente na sociedade portuguesa!”

“A luta contra o racismo, a xenofobia e o fascismo faz-se aqui e agora, nas escolas, nas ruas, nas pequenas e grandes ações e nas urnas, no próximo dia 10 de março. Vamos votar contra o racismo, a xenofobia, o fascismo e o discurso de ódio da extrema-direita!”

A Plataforma subscreve o Manifesto do Grupo de Ação Conjunta Contra o Racismo e a Xenofobia e realiza em Viseu uma Oficina Antirracista, a partir das 15h, no Parque Aquilino Ribeiro.

A Plataforma Já Marchavas é um movimento de cidadãs/ãos e de colectivos unidos na defesa de direitos Humanos, Ambientais e Animais.
O projecto Já Marchavas nasceu em maio de 2018 em Viseu reunindo sinergias diversas. Ainda em 2018 o projecto Já Marchavas levou mais de mil pessoas a participar na 1a Marcha pelos Diretos LGBTI+ em Viseu, denominada por alguns como a Marcha do Amor. A Plataforma Já Marchavas surgiu no ambiente pós-marcha concretizando a cooperação do projecto inicial e dando-lhe continuidade para outras causas comuns. Em Dezembro a Plataforma passou a integrar a Rede 8 de Março.

Related Posts
Skip to content