Casais de cegonha-preta no Douro Internacional com crias acima da média

Cegonha Preta
Cegonha Preta

O Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) revelou que, este ano, foram registados dez casais de cegonha-preta (Ciconia nigra) no troço internacional do Rio Douro e um total de 21 crias em oito casais controlados, o que representa quase três crias por casal, um valor acima da média, destaca o ICNF.

O aumento do número de crias poderá estar associado à grande disponibilidade de alimento nas charcas e cursos de água na região, por ter havido uma primavera chuvosa, explica o Instituto num comunicado.

Em Portugal, a cegonha-preta tem o estatuto de “Vulnerável”, segundo o Livro Vermelho de Vertebrados de Portugal, e conta com uma população de cerca de 90 casais. O canhão fluvial do Douro, escarpado e inacessível no seu troço fronteiriço, alberga, desde há muitos anos, um dos mais importantes núcleos nidificantes de cegonha-preta da Península Ibérica.

Ações implementadas pela Palombar – Conservação da Natureza e do Património Rural entre os anos de 2007 e 2009, no âmbito do “Plano de Emergência para a Recuperação de Três Espécies de Aves Rupícolas no Parque Natural do Douro Internacional” (PEAR) contribuíram para consolidar a população desta espécie no Douro Internacional. Este projeto, fruto de uma iniciativa Business and Biodiversity, teve como objetivo geral inverter o declínio de três espécies de aves rupícolas no Parque Natural do Douro Internacional (PNDI): cegonha‐preta, abutre-do-Egito (Neophron percnopterus) e águia-de-Bonelli (Aquila fasciata).

Outros artigos deste autor >

A Palombar – Associação de Conservação da Natureza e do Património Rural é uma entidade sem fins lucrativos, criada em 2000, que tem como missão conservar a biodiversidade, os ecossistemas selvagens, florestais e agrícolas e preservar o património rural edificado, bem como as técnicas tradicionais de construção. A associação, que atua orientada por uma abordagem pedagógica e de cooperação, promove também a investigação científica nas áreas da Ecologia, Biologia da Conservação e Gestão de Ecossistemas, a educação ambiental, o desenvolvimento das comunidades e a dinamização do mundo rural.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados
Ler Mais

Salazar (Azar)

Quando aparecemos neste mundo logo vamos ao fundo. Na escola da doutrina ensopada na latrina do sistema apolítico…
Skip to content