Mercado de Produtores temporário de Viseu sem condições

«No mercado de Viseu ficámos a saber por quem o usa, que as condições não são as melhores. Num investimento de perto de 1 milhão de euros, para um espaço provisório, não foi possível criar as condições para que todos os produtores e clientes pudessem usufruir condignamente. Também os comerciantes fixos têm queixas a apresentar sobre os obstáculos do novo espaço. O comércio de circuito curto é o futuro no que trata ao clima, principalmente quando a grande distribuição está a lucrar com a inflação, sem que divida com os produtores esse rendimento.»

Esta iniciativa decorreu no âmbito do Roteiro pela Justiça Climática do Bloco de Esquerda Viseu e com a presença de Catarina Martins.

 

Related Posts
Ler Mais

Precariedade e Assédio na Stellantis (PSA) Mangualde

Catarina Martins esteve esta segunda-feira com trabalhadores da fábrica Stellantis (PSA) em Mangualde. O grupo teve apoios públicos nacionais e europeus, mas está a mandar embora todos os trabalhadores da geração mais nova que têm contratos a termo. E a sobrecarregar os efetivos.
7 vidas episódio 3
Ler Mais

[ep.3]7 VIDAS: As misteriosas políticas de bem-estar animal do concelho de Viseu

Depois de várias denúncias recebidas, o Interior do Avesso começou uma investigação que procura perceber, afinal, onde estão os gatos de rua de Viseu? Para tal falámos com dezenas de pessoas, entre as quais se incluem cuidadores de colónias, antigos voluntários no cantinho dos Animais Abandonados de Viseu e ativistas pelos direitos animais.
Skip to content