O caso do aluno morto em Bragança por um grupo de 15 rapazes armados com paus, ferros e cintos, indignou a sociedade, tanto pelo ato em si, mas também pela suposta falta de resposta das autoridades e a indiferença da comunicação social, levando a várias manifestações de solidariedade para este sábado, dia 11.

São várias as cidades, um pouco por todo o país, que vão de alguma forma prestar a sua homenagem a Luís Giovani. Em Bragança o Instituto Politécnico vai-se solidarizar com a marcha silenciosa convocada pela Associação de Estudantes Africanos em Bragança que tem início no próprio campus do IPB, junto aos Serviços Sociais, e segue daí até à Sé de Bragança.

A onda de choque ultrapassou as fronteiras nacionais estando também previstas marchas de homenagem nas ilhas cabo-verdianas de São Vicente, Santiago, do Maio e do Fogo, em França, nos Estados Unidos da América e no Luxemburgo.

O Interior do Avesso vai estar presente em algumas destas manifestações. Podes saber mais informações e participar:

Aveiro: Avenida Dr. Lourenço Peixinho até ao Rossio, 15:00

Bragança: Campus IPB até à Sé de Bragança, 15:00

Coimbra: Praça da República, 15:00

Covilhã: Rotunda do Rato, 15:00

Guarda: Sé da Guarda, 15:00

Lisboa: Terreiro do Paço, 15:00

Porto: Avenida dos Aliados, 15:00

Vila Real: Jardim da Carreira, 15:00

Viseu: manifestação simbólica da Plataforma Já Marchavas onde as estátuas vão falar

Deixe o seu comentário

Skip to content