Foto por Liga de Amigos e Voluntariado Centro Hospitalar Tondela - Viseu / Facebook

No próximo dia 25 de janeiro pelas 15:30 horas, a Liga de Amigos e Voluntariado do Centro Hospitalar Tondela-Viseu promove uma CONCENTRAÇÃO no Rossio de Viseu pela defesa de obras no Hospital de São Teotónio, nomeadamente na Urgência Geral, pelo Centro Oncológico e por melhores cuidados de saúde.

O Centro Hospitalar Tondela Viseu, abrange cerca de meio milhão de habitantes, não só do distrito de Viseu, agrupando no mesmo, a Unidade Local de Saúde da Guarda, Aguiar da Beira, o Agrupamento de Centros de Saúde Dão Lafões e três concelhos do Agrupamento de Saúde Douro-Sul.

Em comunicado, a Liga, considera que os cuidados de saúde devem ser prestados de forma célere, e em condições dignas quer para os profissionais da saúde quer para os utentes, e que os doentes urgentes que acorrem ao Serviço de Urgência Geral no Hospital de Teotónio, passam horas e horas até serem atendidos. Indicam ainda que os doentes não têm condições no Hospital de Dia Oncológico que não tem capacidade para acolher quem ali recorre. “O Centro Oncológico, prometido há muito, não passa hoje de uma já gasta placa colocada e escondida, no meio de altas ervas e de carros estacionados!”

“Para realizarem Radioterapia continuam a ter de atravessar o malcuidado IP3 ou então Vila Real! Para realizar este tratamento de minutos gastam-se horas e dias inteiros. Do sonho da equidade no tratamento, depressa se passou ao pesadelo e à desilusão”.

Em comunicado, o Bloco de Esquerda mostrou a sua solidariedade para com a concentração, anunciando a presença de militantes e dirigentes distritais e concelhios, bem como, eleitos na Assembleia Municipal e Assembleias de Freguesia. “Estaremos presentes na defesa do investimento e empenho necessários para Salvar o SNS. Pelo célere processo de requalificação e aumento do serviço de Urgências. Pela célere construção do ‘bunker’ de radioterapia necessária ao melhor funcionamento do prometido Centro de Oncologia. Pela construção da ala necessária à instalação junto do Hospital de São Teotónio do Serviço de Psiquiatria. Pela dignificação dos profissionais que, dia-a-dia, trabalham para manter o SNS, mas também pelos utentes que enfrentam todos estes problemas quando estão mais fragilizados.”

Indicam ainda que a aposta nos serviços públicos, nomeadamente nos cuidados de saúde, é a melhor forma de revitalizar o interior do país, fixando tanto os utentes como os profissionais. Por fim, lembram a luta do Bloco pela valorização do Serviço Nacional de Saúde, público, universal e gratuito, contribuindo também para a valorização do interior, das suas gentes e a promoção da coesão territorial.

Escrito por JL

Deixe o seu comentário

Skip to content