Foto por David Samuel Santos | Flickr

O certificado Biosphere Destination foi renovado, reconhecendo as Aldeias Históricas de Portugal como um destino comprometido com a sustentabilidade, de acordo com as orientações da UNESCO e da Carta Mundial de Turismo Sustentável.

A renovação do certificado, torna este destino em rede português o único no mundo deste tipo com esta classificação. Depois de, em novembro de 2018, ter sido o primeiro destino em rede, também a nível mundial, distinguido com o certificado Biosphere Destination, segundo notícia do Beiras Informação.

A Associação Aldeias Históricas de Portugal tem implementado este modelo de turismo desde 2016, procurando o cumprimento das 17 metas globais estabelecidas pela Assembleia Geral das Nações Unidas, no âmbito dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

A certificação Biosphere Destination é atribuída pela GSTC – Global Sustainable Tourism Council. Entidade que, à escala global, estabelece os pressupostos de um turismo sustentável, seguindo as orientações da UNESCO e da Carta Mundial de Turismo Sustentável. A certificação é assim concedida aos destinos que garantem uma estratégia e equilíbrio adequados, a nível ambiental, sociocultural e económico.

O apoio às comunidades locais, a minimização do impacto ambiental, a preservação e a sustentabilidade do património cultural, bem como a promoção das boas práticas, têm sido áreas prioritárias na intervenção que a Associação Aldeias Históricas de Portugal tem feito no território.

Seguindo essa estratégia, só no último ano, as Aldeias Históricas de Portugal implementaram os projetos “Receitas que Contam Histórias – Gastronomia e Vinhos das Aldeias Históricas de Portugal”, “Aldeias Históricas de Portugal | Um Destino Mais Inteligente” e Rede de Percursos Cicláveis Aldeias Históricas de Portugal.

As aldeias que integram esta rede são Almeida, Castelo Mendo, Castelo Rodrigo, Marialva, Sortelha, Trancoso (distrito da Guarda), Belmonte, Castelo Novo, Idanha-a-Velha, Linhares da Beira, Monsanto (distrito de Castelo Branco) e Piódão (distrito de Coimbra).

Deixe o seu comentário

Skip to content