Foto por Município de Carregal do Sal | Facebook

Foi aprovada dia 21 de junho a moção contra a exploração de lítio à céu aberto apresentada pelo Bloco de Esquerda na sessão ordinária da Assembleia Municipal de Carregal do Sal. A moção foi aprovada com 2 votos a favor (BE e PS) e 17 abstenções (PS e PSD), sendo que o CDS não esteve presente na sessão.
Esta moção vem para afirmar o consenso alcançado na última sessão desta Assembleia Municipal onde vários partidos, juntamente com o Bloco, se posicionaram contra a exploração mineira no concelho de Carregal do Sal.
Várias regiões do país, nomeadamente os seus habitantes e até autarcas, estão a combater a vontade destas empresas de destruir o seu património natural e histórico, lutando pela saúde dos seus habitantes, como é o caso da Serra da Argemela no Distrito de Castelo Branco ou de Boticas em Vila Real. À semelhança de municípios como Oliveira do Hospital, Caminha ou Idanha-à-Nova o município de Carregal do Sal posiciona-se assim contra a atribuição de novos direitos de prospeção e pesquisa e a eventual extração de depósitos minerais de ouro, prata, chumbo, zinco, cobre, lítio, tungsténio, estanho e outros depósitos minerais ferrosos e minerais metálicos associados, no concelho de Carregal do Sal.
A exploração a céu aberto é altamente violenta para a fauna e flora, mas muito mais barata para quem extrai, não optando pela extracção em galerias que seria menos prejudicial para o meio ambiente. A exploração mineira a céu aberto usará práticas agressivas para o meio ambiente, apostando na remoção em grande quantidade de “escombros” a céu aberto, que além do grande impacto visual, levantará enormes quantidade de partículas que porão em causa a saúde dos habitantes das freguesias próximas das explorações, bem como dos habitantes das regiões vizinhas. Causará grandes prejuízos nos cursos de água já que para a lavagem de uma tonelada de lítio é necessário 1.8 milhões de litros de água deixando os nossos cursos de água completamente poluídos devido ao cloreto de lítio que é altamente tóxico. Esta situação é agravada devido aos fortes períodos de seca que sofremos e ao estado dos nossos rios e ribeiros. No concelho de Carregal do Sal estes anúncios visam a área denominada “Lobão”, que abrange as Freguesias de Cabanas de Viriato e Beijós.

(Escrito por MFS)

Deixe o seu comentário

Skip to content