Foto de Antonio Vera | Flickr

Na passada terça-feira a Autoridade da Concorrência (AdC) decidiu proibir a empresa do grupo Transdev de adquirir o Grupo Fundão, bem como, as concessões de serviço público da Transerramar e Auto Transportes do Fundão. Para a AdC existe nesta operação um risco de eliminação de concorrência na região centro de Portugal.

A Autoridade da Concorrência (AdC) considera que a aquisição por parte do Grupo Transdev eliminaria a concorrência para concessões de serviço de transporte público futuras, prejudicando também por inerência os consumidores, devido à forte implantação que o Grupo Transdev já tem nas Comunidades Intermunicipais da Beira Baixa, das Beiras e Serra da Estrela e da região de Coimbra.

Segundo o Executive digest, esta operação que estava a ser levada a cabo pela Rodoviária da Beira Interior (RBI) do Grupo Transdev, levou a que a AdC investigasse as condições de concorrência do transporte público de passageiros.

A investigação concluiu assim que a junção destes dois Grupos poderia dificultar a entrada de outras empresas em futuros concursos que explorem nestas regiões o serviço de transporte público de passageiros por via rodoviária.

O Grupo Fundão contém a Auto Transportes do Fundão e a subsidiária Joaquim Martins da Fonseca.

Deixe o seu comentário

Skip to content