Bloco de Esquerda de Viseu apresenta candidaturas às freguesias de Abraveses, Ranhados, Repeses e São Salvador, Rio de Loba, São João de Lourosa e Viseu

Para as eleições autárquicas marcadas para 26 de setembro, o Bloco de Esquerda, no concelho de Viseu, apresenta-se com candidaturas às freguesias de Abraveses, Ranhados, Repeses e São Salvador, Rio de Loba, São João de Lourosa e Viseu, além das candidaturas à Câmara Municipal e à Assembleia Municipal.

Em comunicado, o partido assume que estas são “candidaturas sem medo de denunciar o que está mal e de propor O Que Faz Falta!”, defendendo que “o papel das juntas de freguesia deve ser de proximidade e resposta aos problemas da população.”

Neste sentido, o trabalho a desenvolver nas Assembleias de Freguesia do concelho de Viseu será “no sentido de uma maior transparência e aproximação às pessoas, às suas necessidades e anseios”.

“Não esquecendo que as pessoas eleitas têm um dever de transparência e de serviço para com quem as elegeu! Bem como que uma das funções de presidente da junta é representar a freguesia, interna e externamente, e manter a sua autonomia em relação à Câmara Municipal”, sublinham em comunicado.

Carlos Fernandes é o cabeça de lista à Assembleia de Freguesia de Abraveses

Carlos Ernesto Fernandes, 54 anos, nasceu em Abraveses, é licenciado em Relações Internacionais e pós-graduado em Integração Europeia. É, desde 2003, técnico superior no Instituto da Segurança Social, IP. Antes, foi técnico comercial e administrativo, formador, coordenador de projecto de formação, colaborador do Instituto Nacional de Estatística,  dirigente associativo na área do desporto e desportista.Tem particular gosto pela Música, o Desporto, a Natureza / Ecologia e as Relações Humanas. Foi eleito deputado para a Assembleia de Freguesia de Abraveses em 2017 como independente, pelo Bloco de Esquerda.

Nuno Rocha é o cabeça de lista à Assembleia de freguesia de Ranhados

Tem 44 anos e é natural de Ranhados, onde vive, casado e com três filhos.

É encadernador (gráfico) e está na assembleia de freguesia de Ranhados, eleito pelo Bloco de Esquerda, desde 2013. 

É uma das forças vivas da freguesia, onde já esteve ligado a inúmeras associações, como por exemplo o Futebol Clube de Ranhados. 

Foi fundador do grupo de cantares os “Amigos da Adega” e integrou várias organizações de festas populares. 

Neste momento faz parte de um projeto da Universidade Sénior de Ranhados.

Aventino Ferraz é o cabeça de lista à Assembleia de Freguesia de Repeses e São Salvador

Aventino Ferraz, 58 anos, empresário. 

Autarca da Assembleia de Freguesia de Repeses e São Salvador, independente eleito pelo Bloco de Esquerda desde 2017.

Foi jogador de futebol em vários clubes, tendo iniciado a sua vida desportiva nos Craques de Lamego e passado pelo Sport Viseu e Benfica.

Ana Paula Cunha é a cabeça de lista à Assembleia de Freguesia de Rio de Loba

Ana Paula dos Santos Cunha, 48 anos.

Nasceu e cresceu em Barbeita, Freguesia de Rio de Loba. 

Vive em Viseu e trabalha na Administração Regional de Saúde da Região Centro, Aces Dão Lafões, Unidade de Saúde Familiar Infante D. Henrique – Viseu.

É licenciada em Português/História pela Universidade Católica Portuguesa e frequentou a Pós-Graduação de Ciências Documentais na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra.

É autarca independente, membra da assembleia da Junta de freguesia de Rio de Loba (2017-2021), eleita pelo Bloco de Esquerda.

Cristina Teixeira é a cabeça de lista à Assembleia de Freguesia de São João de Lourosa

Cristina Teixeira, farmacêutica açoriana de 51 anos, residente em Viseu há 24. Antirracista, defensora dos direitos humanos, das mulheres e dos animais, envolvendo-se também em projetos de teatro e dança comunitários. Simpatizante do Bloco de Esquerda desde o seu início, associa-se agora ao partido, enquanto candidata independente à presidência da Junta, para trazer a São João de Lourosa melhores condições, projetos úteis para toda a freguesia e ouvir a comunidade.

Catarina Vieira é a cabeça de lista à Assembleia de Freguesia de Viseu

Nasceu em Viseu, em 74. Professora na Escola Pública, de norte a sul do país, sempre no interior. Mestre em Anglística com tese sobre a Utopia na Literatura e na Cultura. É delegada sindical da Fenprof. Activista do Núcleo de Viseu da ONG Olho Vivo – Associação para a Defesa do Património, Ambiente e Direitos Humanos, e da Plataforma Já Marchavas. Na anterior legislatura, exerceu funções de deputada na Assembleia de Freguesia de Viseu, em substituição de Luís Lopes. Nesta legislatura, é deputada municipal do BE, na Assembleia Municipal de Viseu. 

Foi dirigente nacional do Bloco de Esquerda e membro da Comissão Coordenadora Concelhia e da Distrital de Viseu do BE.

Foi membro da direcção da FRAPViseu – Federação Regional das Associações de Pais de Viseu, bem como da direcção da Associação de Pais [e mães] e Encarregad@s de Educação de Vildemoinhos.  Foi dirigente da AZU (Ambiente em Zonas Uraníferas – Associação Ambiental). Foi cronista da Rádio NoAr, no Jornal do Centro, no Interior do Avesso e na Gazeta da Beira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados
Skip to content