O mau tempo das últimas semanas foi muito agressivo para a cereja na Cova da Beira, onde já se pensa numa quebra de 50% da produção deste ano.

O problema será apresentado ao Governo pelos diversos agricultores da região, numa deslocação ao Fundão durante a campanha, que tem início previsto para os próximos dias. O setor da cereja representa mais de 20 milhões de euros por ano na economia local, segundo dados do município do Fundão. 

O motivo desta quebra foi o nevão caído no final do mês de março, seguido de geada forte e temperaturas muito baixas, bem como a chuva intensa e a queda de granizo, em abril, que levaram a que mais de metade da produção ficasse sem qualquer valor. 

O concelho do Fundão, no distrito de Castelo Branco, tem atualmente entre 2.000 a 2.500 hectares de pomares de cerejeiras e, de acordo com a autarquia, a fileira da produção de cereja neste concelho (que inclui subprodutos e negócios associados) já representa mais de 20 milhões de euros por ano na economia local, segundo informação da Lusa. 

(Escrito por DG)

Deixe o seu comentário

Skip to content