Foto de CooLabora | Facebook

A CooLabora organiza a sessão online “Mulheres e Liberdade” para debater o papel da mulher a partir dos livros “Mulheres de Armas”, de Isabel Lindim, e “As Longas Noites de Caxias”, de Ana Cristina Silva. 

Em comunicado, a CooLabora lança o mote para o debate online que vai organizar no dia 25 de abril pelas 15h: “O que terá o 25 de Abril a ver com as causas feministas?”. 

A sessão “Mulheres e Liberdade” vai discutir “a opressão vivida pelas mulheres num regime que negava a liberdade a todos os seus cidadãos e cidadãs e que oprimia duplamente as mulheres: à asfixia fascista aliava-se o poder patriarcal”. 

A iniciativa vai trazer para cima da mesa esta questão, a partir dos livros de duas escritoras: Isabel Lindim, jornalista e autora de Mulheres de Armas, que recupera memórias da ditadura e dá relevo à ousadia de mulheres que lutaram contra um regime violento, e Ana Cristina Silva, escritora e autora de As Longas Noites de Caxias onde se cruzam mulheres prisioneiras e as mulheres da PIDE que as torturavam. 

O debate, que devido à pandemia vai decorrer em formato online no dia 25 de abril às 15h, vai contar com a presença das autoras dos livros e de Graça Rojão (presidente da CooLabora). A abertura vai ficar a cargo de Rosa Monteiro (secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade) e a moderação com Rui Sena (diretor artístico do Teatro Municipal da Covilhã).

As parceiras desta iniciativa são a autarquia da Covilhã, a Universidade da Beira Interior e a Quarta Parede, no âmbito do projeto Rasgar Silêncios. 

Deixe o seu comentário

Skip to content