Foto de Paulete Matos.

A empresa lançou um programa de recompra de ações que durará seis meses. Este foi proposto pela comissão de vencimentos da empresa. Para além disso, voltou a semana passada a pagar dividendos a acionistas ao mesmo que anunciava a possibilidade de aumento de preços. Publicado em Esquerda.net

Os CTT anunciaram esta sexta-feira em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários a compra de 295.093 ações da própria empresa no valor de 1,22 milhões de euros. Estas, equivalentes a 0,2% do seu capital social, irão ser dadas a administradores executivos e outros quadros dirigentes não especificados.

O negócio insere-se segundo os correios num programa de recompra de ações que começou a 18 de maio e irá durar seis meses. Está previsto que, inserido neste programa, sejam investidos 8,25 milhões de euros para comprar perto de 1%. Os CTT detêm agora 0,35% do seu capital social, equivalente a 522.300 ações.

A proposta do programa de recompra veio da comissão de vencimentos da empresa e foi aprovada em 21 de abril em assembleia-geral. E este segue regras como um limite para o preço de compra num intervalo de 10%, para cima ou para baixo, da cotação da sessão anterior e de 25% do volume médio diário nas 20 sessões anteriores.

Os CTT voltaram também, a 20 de maio, a pagar dividendos aos acionistas. O valor, referente ao ano de 2020, foi de 8,5 cêntimos por ação. No ano passado, por causa da situação pandémica, a empresa não tinha pago dividendos.

Pagamento que foi conhecido ao mesmo tempo que, em entrevista ao Negócios e à Antena 1, João Bento anunciava que os CTT iriam endereçar à Anacom um novo pedido de aumento do preço do correio para 2021, que terá em conta a “queda excecional” do volume de correio.

“Sabemos qual o aumento de preço que deveríamos ter tido em 2020, para compensar a queda que esperávamos ter. A queda foi ainda maior e, portanto, sabemos quanto vem acumulado daí e quanto deveríamos ter tido para 2021″, avançou.

Deixe o seu comentário

Skip to content