Foto de Carlos Almeida | Facebook

Chegou ao conhecimento do Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda que a empresa Marluno Confecções, Lda terá encerrado para férias, sem qualquer tipo de pré-aviso e com salários em atraso. Os bloquistas questionaram o Ministério do Trabalho e da Segurança Social sobre o assunto.

A Marluno Confecções, Lda é uma empresa do setor têxtil, com instalações industriais na Zona Industrial de Castelo Branco. Segundo o site oficial da empresa, esta tem como principal mercado a União Europeia, que absorve 80% da produção em países como o Reino Unido, Espanha, França ou Dinamarca. 

Segundo a informação tornada pública os trabalhadores foram para casa no dia 14 de Fevereiro, com a indicação de que iriam ficar de férias durante uma semana. No entanto, refere o Bloco na pergunta que dirigiu ao Governo, “tendo em consideração que no verão passado já existiam indícios de problemas, os trabalhadores, no dia 17, deslocaram-se a porta da empresa”.

Segundo o Sindicato Têxtil da Beira Baixa “há condições para no, âmbito do processo de insolvência, serem recuperados os salários em atraso”, pelo que solicitou às entidades competentes que não permitissem alterações ao espaço o que, na prática, implicaria a manutenção de máquinas no local. 

O Bloco afirma que “há investidores interessados na empresa e condições para um plano de insolvência que viabilize a continuação da laboração da empresa e garanta a manutenção dos postos de trabalho e a garantia de pagamento, pela massa insolvente, dos salários dos trabalhadores”. 

O partido termina referindo que “o encerramento da empresa teria impactos sociais muito negativos para os trabalhadores ao quais importa dar resposta com uma intervenção célere”. 

O Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda quer saber se o Governo tem conhecimento desta situação, se foram realizadas ações inspectivas por parte da ACT e se o Ministério está a contribuir para a viabilização da empresa e dos pagamentos de salários. 

 

(Escrito por DG)

Deixe o seu comentário

Skip to content