Segundo denúncias que chegaram ao conhecimento do Interior do Avesso, os materiais de entulho decorrentes das ruínas das casas afetadas pelos incêndios de 2017 em Tondela e das obras de recuperação das habitações foram depositados no campo de futebol de Alvarim, na freguesia de Dardavaz, e estão a ser usados em caminhos florestais.

O Interior do Avesso recebeu denúncias, e imagens que comprovam, a deposição ilegal de entulhos na freguesia de Dardavaz. Os materiais depositados neste local eram vigas, tijolos, cimento e alguns colchões, entre outros. De acordo com os relatos, o campo de futebol de Roda de Alvarim, uma infra-estrutura pública, encontra-se interdita à comunidade desde então. As denúncias foram formalmente apresentadas no SEPNA, dando entrada um auto de contraordenação na Inspeção-Geral da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território (IGAMAOT).

Após a denúncia ao IGAMAOT o que antes era um campo de futebol, foi vedado, e de acordo com Ana Leão, presidente da Junta de Freguesia de Dardavaz, os resíduos depositados no local estão a ser tratados. A Junta de Freguesia “deu autorização para lá pôr esses entulhos numa altura de catástrofe e em que era preciso dar soluções à empresa Floponor e ao município de Tondela, que neste momento estão a proceder à trituração dos resíduos, só ainda não foram retirados”, declara Ana Leão.

Questionada sobre a utilização destes resíduos em caminhos florestais a presidente da Junta afirmou que não tem conhecimento de nada, dizendo que só se a Câmara de Tondela estiver a dar esse destino aos resíduos.

(Escrito por MFS)

Deixe o seu comentário

Skip to content