Foto por Miguel Vieira from Redwood City, CA, USA, CC BY 2.0 <https://creativecommons.org/licenses/by/2.0>, via Wikimedia Commons

Foram selecionados pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) seis projetos de investigação, num valor correspondente a 1,4 milhões de euros, para o desenvolvimento de novos conhecimentos e promoção de atividades interdisciplinares na região do Parque Natural de Montesinho no Nordeste Transmontano.

Numa nota publicada na sua página da Internet, a FCT explica que, num universo de 60 candidaturas, foram selecionados seis projetos. Dois dos projetos são do Instituto Politécnico de Bragança, um é da Universidade do Minho, um do laboratório REQUIMTE (Rede de Química e Tecnologia), um da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto e ainda um outro do Instituto Superior de Agronomia da Universidade de Lisboa.

“O Parque Natural de Montesinho, sendo o último relevo no nordeste de Portugal, facilita zonas privilegiadas para monitorizar e aprofundar o estudo das alterações climáticas, assim como desenvolver medidas e ações de mitigação em tempo útil”, pode ler-se na página da FCT.

Ainda segundo a FCT, com este concurso, pretende-se desenvolver novos conhecimentos em diversas áreas temáticas, numa perspetiva de multidisciplinaridade científica e cultural, projetando para o futuro o Parque Natural de Montesinho através da promoção de atividades de investigação científica e desenvolvimento de âmbito interdisciplinar e pluridisciplinar.

One Comment

Deixe o seu comentário

Skip to content