Jardins Efémeros 2021: primeira confirmação é Lyra Pramuk

Foto por Lyra Pramuk | Facebook
A primeira confirmação para os Jardins Efémeros’21, Lyra Pramuk, compositora, vocalista e performer, estará pela primeira vez em Portugal. Depois de dois anos de interregno, o acontecimento cultural marca reencontro para julho, na cidade de Viseu.

O último álbum da artista, “Fountain“, está nas listas da Pichfork, Pop Matters e Factmagazine como um dos melhores de 2021. “Lyra Pramuk funde vocalismo clássico, sensibilidades pop, práticas de performance e cultura club contemporânea no que pode ser descrito como música folk futurista”, pode ler-se no seu site.

Esta é a primeira novidade anunciada pela equipa dos Jardins Efémeros, depois do anúncio em julho do adiamento da edição de 2020, considerando que o programa e objetivos do festival multidisciplinar não permitiam um novo desenho.

“Depois de uma análise profunda sobre todas as eventuais modificações no programa”, a equipa conclui que “esta realização não poderá ter um novo desenho misto – online e ao vivo – por antagonismo deste formato com a sua missão”, podia ler-se no comunicado.

Segundo o site dos Jardins Efémeros, essa missão inclui a utilização “dos espaços icónicos” da centro histórico de Viseu, “como a Sé, a Igreja da Misericórdia, museus, capelas, edifícios públicos e privados, edifícios devolutos, jardins, logradouros, praças e ancorados no centro histórico”, bem como promover a “transformação criativa e uma nova percepção da cidade.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados
Skip to content