A LEQUE – Associação de Pais e Amigos de Pessoas com Necessidades Especiais tem como missão promover a qualidade de vida e o bem-estar das pessoas com deficiência e as suas famílias, ao facultar apoio psicossocial, emocional, terapêutico, reabilitação e inclusão social e laboral. Situa-se no Concelho de Alfândega da Fé, mas serve todo o distrito e neste momento dá apoio a cerca de 24 utentes. A taxa de ocupação máxima é de 25, ou seja, está praticamente lotada.
No âmbito de um périplo do candidato das listas do Bloco de Esquerda ao Parlamento Europeu, Pedro Oliveira, por algumas associações do distrito realizou-se esta visita à LEQUE para conhecer a fundo o projeto.
O principal problema da Associação são as instalações que estão degradadas e que precisam de rápidas melhorias. Esperam por luz verde de um projeto ao qual concorreram para melhorar as condições do edifício e reforço do apoio social, nomeadamente com a construção de um lar, para que os utentes que precisem pernoitar, o possam fazer.
Pedro Oliveira ressalta o trabalho da Associação na procura constante de fontes de financiamento. Essa procura resulta em vários projetos de dinamização da própria Associação, tendo em conta todas as atividades que daí advém. A par, a constante procura de profissionais resulta, apenas, da luz verde da aprovação desses mesmos projetos, o que faz com que a contratação seja, de certa forma, precária, uma vez que a Associação não possui autonomia para estabelecer uma equipa sólida e constante. Essa precariedade não é benéfica nem para o corpo profissional, nem para os utentes.

(Escrito por JL)

Deixe o seu comentário

Skip to content