Foto por Filarmónica Idanhense | Facebook

Nos dias 15, 22 e 29 de agosto a Filarmónica Idanhense irá atuar ao vivo nos largos de seis localidades do concelho de Idanha-a-Nova. A iniciativa, “Música ao Largo”, tem entrada gratuita, mas carece de reserva.

“O objetivo é retomar a oferta cultural no concelho de Idanha-a-Nova, levando a música até às populações, ao ar livre e com as devidas medidas de segurança”, explica João Abrantes, maestro e diretor artístico da Filarmónica Idanhense à rede On Centro.

“Ao mesmo tempo”, acrescenta ainda João Abrantes, “também os músicos da banda estão desejosos de voltar aos palcos, depois do interregno causado pelo confinamento. Vai ser muito bom para todos”.

O primeiro concerto terá lugar no Largo da Igreja de Monfortinho, pelas 19H00 do dia 15. Também no dia 15 a Filarmónica atua pelas 21H30 no Largo da Igreja de Salvaterra do Extremo.

Seguem-se as atuações de dia 22 de agosto, no Largo da Igreja de Alcafozes, às 19H00 e no Largo da Igreja de Toulões, às 21H30.

Por fim, no dia 29 de agosto, a Filarmónica Idanhense estará no Jardim Público da Aldeia de Santa Margarida, pelas 19H00, e no Largo de Santo António, em Idanha-a-Nova, pelas 21H30.

A entrada nos espetáculos é gratuita, mas será necessária a reserva prévia de bilhete, uma vez que os espaços serão limitados, de modo a garantir a segurança. Os bilhetes podem ser adquiridos junto da Filarmónica Idanhense ou das Juntas de Freguesia que recebem os eventos.

João Abrantes não fecha a hipótese de a iniciativa se estender a outras localidades, “a Filarmónica Idanhense terá todo o gosto em continuar a levar música às populações do concelho de Idanha-a-Nova, para que possam usufruir de espectáculos culturais ao vivo”.

Deixe o seu comentário

Skip to content