Foto por Rio Paiva (Página Oficial da Associação SOS Rio Paiva) | Facebook

Na manhã de ontem foram novamente detetadas descargas poluentes no Rio Paiva, em Castro Daire. A associação S.O.S. Rio Paiva já denunciou o episódio às autoridades competentes.

As denúncias foram submetidas para o Ministro do Ambiente, para a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e para as Câmaras Municipais de Castro Daire e Arouca, “fazendo um apelo urgente ao Ministro para que atue rapidamente, identificando a origem e os responsáveis por este crime ambiental”, pode ler-se em nota da associação.

Além das denúncias, a SOS Rio Paiva desafia toda a gente à partilha da imagem das descargas em causa, “para que as autoridades acordem para esta triste realidade”, e ao envio de um e-mail às autoridades.

Rio Paiva

“Escreva ao Ministério do Ambiente, APA e Câmaras Municipais. É urgente acabar com a poluição no Rio Paiva, um rio que já foi classificado como “o rio mais limpo da Europa”, pode ler-se num guia da associação sobre como enviar os e-mails.

Já na passada terça-feira, a S.O.S. Rio Paiva havia solicitado a investigação urgente relativamente às descargas poluentes no rio, por parte do Ministério do Ambiente. Entre Reriz e Ponte de Cabaços as descargas são quase diárias, podendo ver-se espuma no leito do rio, segundo indicam alguns moradores.

 

Ver também:

Artigos do Interior do Avesso sobre o Rio Paiva

Artigos do Interior do Avesso sobre Poluição

Deixe o seu comentário

Skip to content