Bloco de Esquerda, CDU, PS e CDS apresentaram uma moção conjunta unindo-se ao movimento cívico nacional que contesta a cobertura do Mercado 2 de Maio, no centro da cidade de Viseu. Deputada do Bloco defendeu que “um centro histórico vivo tem de ter as crianças a brincar nas praças” e não uma dívida de 4,3 milhões de euros.

Catarina Vieira, deputada municipal de Viseu pelo Bloco de Esquerda, na sua intervenção na Assembleia Municipal de sexta-feira, disse que o partido continuava a estar “contra o processo e contra esta cobertura. Tal como estivemos, juntamente com arquitectos, a dar a nossa opinião nos poucos debates públicos. Aliás, nunca foram conhecidos resultados, indicadores ou conclusões do referido “debate público”. Até que foi escolhido o 2.º classificado sem nunca ter sido dada a conhecer qualquer justificação por parte do Executivo Municipal para esta escolha.”

“Um centro histórico vivo tem de ter as crianças a brincar nas praças e não colocar já uma dívida (a juntar às outras) de 4,3 milhões às suas costas. Não será esta cobertura a ressuscitar o nosso centro histórico”, frisou, acrescentando que “nunca é tarde para a cidadania, e por isso nos associámos ao Movimento Nacional para a Defesa do Mercado 2 de Maio”.

A deputada defendeu que um centro histórico vivo não é compatível com um centro histórico com “dias e horas certas para eventos, transformado em parque de diversões”, ou com “um comércio morto, porque ao longo de décadas se deu primazia aos centros comerciais e às grandes superfícies.” Pelo contrário, “um centro histórico tem de ser vivido, habitado 365 dias por ano”. Para tal, apontou como necessário “criar habitação no centro histórico, social, acessível”.

Ainda na intervenção sobre este assunto, Catarina Vieira alertou para que as actas das sessões da Assembleia “já não estão disponíveis no portal da câmara municipal, pois tudo o que é anterior a 2017 desapareceu”, “em mais uma manifestação da transparência deste executivo”.

A moção conjunta foi reprovada com 13 votos a favor, 1 abstenção e 32 votos contra.

Deixe o seu comentário

Skip to content