Primeira Greve Climática Estudantil em Portugal saiu à rua e foi um dia histórico. Com concentrações marcadas para 26 locais de Norte a Sul.

O protesto inspirado pela adolescente sueca Greta Tundberg, surge da sua ação frente ao Parlamento Sueco onde se desloca todas as sextas-feiras desde agosto com um cartaz em que se pode ler “School Strike for Climate”. O movimento ganhou força e tornou-se internacional e Portugal não foi excepção.

A forte adesão que se fez sentir por todo o País aconteceu também em Vila Real com estudantes de várias instituições de Ensino a gritar palavras de ordem. Joana Sousa, um dos elementos da organização Greve Climática Estudantil em Vila Real, disse-nos estar muito satisfeita com o número de estudantes que aderiram.

(Escrito por MFS)

Deixe o seu comentário

Skip to content