O Núcleo Concelhio do Bloco de Esquerda do Fundão denunciou esta semana que o raio X do Hospital do Fundão está avariado, uma situação que se arrasta “há mais de 15 dias”.

Em nota de imprensa, o Bloco de Esquerda sublinha que esta avaria causa “graves transtornos à população do concelho”. Porém, não se restringe às necessidades dos utentes do concelho, uma vez que também “o centro de diagnóstico da Covilhã tem o Raio X avariado há bastante tempo”, uma entidade privada que prestava este serviço na região.

“Esta situação é evidentemente lesiva dos direitos dos utentes que ficam sem acesso a este importante meio complementar de diagnóstico”, pelo que irá questionar o conselho de administração do centro hospitalar universitário da Cova da Beira sobre esta matéria.

À Lusa, João Casteleiro, presidente do Centro Hospitalar Universitário Cova da Beira, declarou que “temos o aparelho a funcionar quer para a urgência quer para o internamento. Agora, os pedidos externos que surgem do Centro de Saúde são encaminhados para a Covilhã, de modo a evitar uma sobrecarga no processo da digitalização”.

Para o Bloco é inadmissível que os utentes, do concelho e com credenciais externas, do Centro de Saúde ou de consultórios privados, tenham “que se deslocar à Guarda ou a Castelo Branco para realizar este serviço”.

Já em março de 2018 o Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda tinha questionado o Governo também sobre uma avaria no Raio X, situação que acabou por ser resolvida.

(Escrita por MFS)

Deixe o seu comentário

Skip to content