Foto por Gil Rego

A Rede 8 de Março é uma plataforma nacional que reúne coletivos, associações, partidos e pessoas a título individual mobilizadas na construção da Greve Feminista de 8 de Março de 2020 em Portugal. O ano passado juntaram 30 mil pessoas nas manifestações deste dia, por todo o país e cinco sindicatos chamaram à greve feminista internacional. Este ano no Interior, haverá mobilizações em Viseu e Vila Real.

Este ano, a Rede 8 de Março, volta a convocar Greve para dia 8 de março em várias cidades do país – no interior serão em Viseu e Vila Real – para lutar contra a discriminação, violência e desigualdade que persiste nas ruas, nas escolas, nos locais de trabalho, na justiça e na proteção das vítimas de violência de género. Em comunicado, referem que “nossa luta é para exigir mudanças!”

O movimento informa que “a nossa convocatória vai além de uma greve tradicional – ou seja laboral -, as nossas reivindicações estendem-se ao âmbito da reprodução social, à esfera dos cuidados domésticos e familiares, à vida estudantil e à sociedade de consumo. Pretendemos unir-nos às mulheres de todas as partes do mundo construindo redes de solidariedade, de apoio e de aprendizagem transnacionais para combater as desigualdades que sofremos.”

Os sindicatos que já acompanham esta iniciativa são o Sindicato dos Trabalhadores da Saúde, Solidariedade e Segurança Social e o Sindicato de Trabalhadores de Call Center. Para além destes, também mostraram apoio à greve o Sindicato das Indústrias, Energia e Águas de Portugal, o Sindicato de Todos os Professores e do Sindicato dos Professores do Norte. 

A Rede 8 de Março conclui o comunicado com alguns dados sobre os motivos para a realização da greve, como por exemplo: A violência machista mata, em média, duas mulheres a cada mês; a exigência da conciliação entre a atividade profissional, a maternidade e a vida familiar; a precariedade no local de trabalho e a desigualdade salarial que faz com que trabalhem 58 anos sem receber, entre tantas outras causas. 

A mobilização no dia 8 de Março, próximo domingo, em Viseu será às 15h no Jardim Tomás Ribeiro, enquanto em Vila Real será também às 15h no Largo do Pelourinho.

(Escrito por DG)

Deixe o seu comentário

Skip to content