Acontece no próximo domingo, dia 20 de outubro, a 2ª Marcha de Viseu pelos Direitos LGBTI+, este ano sob o mote “Que Viseu e qualquer outra cidade sejam as melhores cidades para viver (para todxs)”.

A frase surge como reação aos cartazes que surgiram no ano passado, por ocasião da primeira marcha, utilizando a imagem e o slogan de Viseu e em que se podia ler “Melhor cidade para viver (sem vocês)”. A organização é da Plataforma Já Marchavas e pode-se ler no manifesto que esta iniciativa acontece “pela igualdade de direitos”, “pelo direito à identidade”, “pela liberdade no amor”, “pela autodeterminação de género”, mas quer ir mais além, reclamando que Viseu e “todas as cidades sejam feministas, LGBTI+, ecologistas, antifascistas, antirracistas, democráticas, inclusivas e participativas!”.

A concentração está marcada para as 15h no Jardim Sensorial de Santo António donde partirá a marcha num percurso que passará pela Avenida Capitão Silva Pereira, pelo Largo de Santa Cristina, pela Rua Formosa, pelo Chafariz do Rossio, pelo Jardim Tomaz Ribeiro e terminando no Rossio.

No sábado também há Festa!

“Como toda a boa luta nasce com alegria” a Plataforma Já Marchavas organizou ainda uma Festa Pré-Marcha no espaço cultural Carmo’81, sábado, com início às 21h30. A festa conta com um concerto dos Fado Bicha pelas 22h30. A organização sublinha a importância destes momentos para a consolidação do Movimento, já que “nesta luta, os bares representaram um local de empoderamento, de encontro, partilha de ideias e materialização das reivindicações.”

(Escrita por MFS)

Programa 19 de outubro (sábado):
Local: espaço cultural Carmo’81

21h30 – A Pré Festa abre portas
22h30 – Concerto Fado Bicha
00h00 – Música, convívio, luta e alegria

Programa 20 de outubro (domingo):
15h00 – Concentração no Jardim Sensorial de Santo António
16h00 – início da Marcha
Percurso: Jardim de Santo António – Avenida Capitão Silva Pereira – Largo de Santa Cristina – Rua Formosa – Chafariz do Rossio – Jardim Tomás Ribeiro – Rossio
18h -21h – Sunset Pós-Marcha no Parque Aquilino Ribeiro

Deixe o seu comentário

Skip to content