Foto de Margarida Ferreira|Facebook

Ao final da manhã da passada quinta-feira foram encontrados mortos cerca de duas dezenas de cães na aldeia de Gimonde, pertencente ao concelho de Bragança. Foi uma habitante da aldeia que alertou a GNR para a presença dos animais na berma estrada dentro de um saco do lixo.

Em declarações à Brigantia, Judite Bornes refere que “andava a dar uma volta com os meus cães. Atravessei o rio e vi um saco de batatas dentro do rio com umas pedras em cima. Tirámos o saco do rio e abrimos um pouco. Fiquei escandalizada, quando vi que eram 20 cães. Participei logo à GNR”.

Os animais foram encontrados a centena e meia de metros de uma represa para lazer infantil e praia fluvial.

Após a denúncia, a GNR já esteve presente no local onde recolheu os animais para posteriormente serem entregues ao veterinário municipal para se fazer a respetiva investigação e tentar perceber a forma como os animais morreram e se pertenciam todos à mesma cadela.

A investigação ficará a cargo da SEPNA – o Serviço de Protecção da Natureza e Ambiente que pretenderá descobrir quem poderá ser o dono dos cães.

As cerca de duas dezenas de animais encontrados eram cães de gado.

Deixe o seu comentário

Skip to content