Catarina Martins frisa que “uma crise como nunca vivemos exige a coragem de fazer o que nunca foi feito”. E deixa uma lista de prioridades: “resgatar os precários e recuperar o emprego, reconstruir o SNS e a escola, responder às lutas por direitos iguais e contra as alterações climáticas”.

Deixe o seu comentário

Skip to content