A Devolução dos Cravos: um iniciativa da CooLabora pelos direitos humanos

Esta semana a CooLabora organizou uma iniciativa protagonizada por um grupo de jovens ativistas que exercem uma cidadania ativa em prol dos direitos humanos. Desta forma, ofereciam-se cravos numa banca a propósito do 25 de Abril.

Esta semana a CooLabora organizou uma iniciativa protagonizada por um grupo de jovens ativistas que exercem uma cidadania ativa em prol dos direitos humanos. Desta forma, ofereciam-se cravos numa banca a propósito do 25 de Abril.

A quem passava e se aproximava foi-lhe lançado um desafio: em cada cravo, um dos direitos conquistados com Abril e para o poder receber de oferta teria que encontrar um direito que não se importasse de prescindir. Nenhuma das pessoas quis levar um cravo, por mais que tivesse procurado esse direito que não lhe parecia essencial entre os 48 que tinha à sua escolha.

No final do dia, depois de muitos testemunhos e trocas de opiniões, ninguém conseguiu levar um cravo. Esta iniciativa terminou com a distribuição de 150 cravos pelas rua da Covilhã deixando no ar um cheiro a Abril.

Related Posts
Ler Mais

Dossier Águas do Planalto

Ao longo dos próximos dias o Interior do Avesso vai publicar um dossier com oito artigos referentes à história da Águas do Planalto, a empresa concessionária do serviço de abastecimento de água nos concelhos de Tondela, Mortágua, Santa Comba Dão, Carregal do Sal e Tábua, e que cobra dos preços da água mais caros do país. 
Skip to content