A ACERT celebra o seu quadragésimo quinto aniversário com exibição no Youtube do filme “Lobão da Beira, Histórias de Vidas…” em conjunto com o CLDS-4G Tondela, este domingo, entre as 16 e as 20 horas. Haverá também, a partir de segunda-feira, às 21 horas nas redes sociais, um minuto e meio de conteúdos digitais em colaboração com a equipa do Trigo Limpo.

A ACERT afirma que este momento de celebração dos 45 anos é um momento simbólico, marcado por uma conjuntura pandémica que os preocupa. Afirmam que “não pararemos jamais de nos reinventar para chegar até vós. Ao longo de 45 anos, a ACERT é o resultado da sua vivência com e para os outros, dando e recebendo.”

Para celebrar estes 45 anos, haverá a exibição no Youtube do filme “Lobão da Beira, Histórias de Vidas…” em conjunto com o CLDS-4G Tondela, entre as 16 e as 20 horas deste domingo, dia 31 de janeiro, após a exibição pública deste mesmo filme ter sido realizada no final do ano passado.

“Cinco histórias de vida protagonizadas por seis habitantes de Lobão da Beira. O Aventureiro, a Cuidadora de crianças, a Sonhadora de memórias, o Guardador de rebanhos e um Casal enamorado há mais de 50 anos” referem.

O ponto de partida e chegada destas aventuras é “Lobão da Beira”, sendo estas, narradas e vividas na primeira pessoa, baseando-se em factos reais.

Este filme foi produzido através de uma parceria com o CLDS- 4G Tondela Inclusiva e “é o resultado da primeira ação de um projeto que as duas entidades estão a desenvolver em algumas localidades do concelho de Tondela e que entretanto tiveram que ser suspensas.”

Haverá também, a partir de segunda-feira, às 21 horas nas redes sociais, através da colaboração da equipa do Trigo Limpo e da ACERT “uma apresentação diária de um conteúdo digital que terá a duração máxima de um minuto e meio, contribuindo para divertir e esquecer, ainda que por um instante, as contingências deste período.”

De ressalvar que os conteúdos serão secretos, visto que “nenhum dos elementos da equipa sabe o que o outro irá apresentar.”

 A ACERT afirma que é “a emergência dos namoros da cultura com os cidadãos que continua a comandar-nos”, considerando que “a partir do dia 1 de fevereiro, o número 45 deixará de ser para a ACERT um mero cardinal. Será antes uma rotação apaixonante por atividades anuais com e para os que desejam viajar pelas memórias da ACERT feitas presente.”

Afirmam ainda que abrirão “as suas portas para receber o público todos os dias com a rúbrica “1 Minuto e 1/2”, entre outras ações que, a seu tempo, vos daremos conta. Será um espaço de encontro com intervenções artísticas e de aconchego criados por toda a equipa permanente da ACERT.”

Consideram ainda que mesmo sendo as redes sociais inevitáveis, continuam a eleger os palcos como os seus lugares de eleição, referindo que o “que agora faremos não é uma contingência, mas o início de um ciclo que se deseja que, para bem de todos, reganhe a rua e as plateias para fazer da cultura esse ato sublime de vizinhança do toma-lá-dá-cá.”

Deixe o seu comentário

Skip to content