Termas de Monfortinho - Foto de Vítor Oliveira | Flickr

Um projeto de investigação confirmou que as águas termais de Monfortinho, no concelho de Idanha-à-Nova, têm benefícios para as doenças de pele. A equipa foi composta por investigadores da Universidade da Beira Interior e da Universidade de Coimbra. 

Segundo a Lusa, os resultados de um projeto de investigação realizado entre março de 2017 e dezembro de 2018, foram publicados no “International Journal of Biometeorology” e confirmam os benefícios da água das Termas de Monfortinho para as doenças de pele. 

A equipa de investigação integrou investigadores da Universidade da Beira Interior (UBI) e da Universidade de Coimbra (CNC-UC). 

No comunicado enviado à Lusa, a administração das termas refere que “os resultados obtidos mostraram que o efeito benéfico, tradicionalmente reconhecido para a água termal de Monfortinho, na melhoria do estado das doenças de pele, é suportado em resultados laboratoriais que evidenciam a capacidade desta água para reduzir a proliferação e o metabolismo das células que contribuem para o desenvolvimento de doenças como a psoríase e a dermatite atópica”. 

A equipa de investigação tem desenvolvido alguns trabalhos que têm sido apresentados em congressos científicos, sendo este o segundo artigo científico publicado, aguardam ainda a publicação de mais dois. 

Deixe o seu comentário

Skip to content