Foto de Hotspot de Biodiversidade | Facebook

“Hotspot da Biodiversidade” é o novo projeto da Associação para o Estudo e Protecção do Gado Asinino (AEPGA) que surge em Algoso com o objetivo de criar uma reserva para a proteção da natureza e dos valores presentes na região.

O projeto abrange o vale dos rios Sabor, Maçãs e Angueira, nos concelhos de Vimioso e Mogadouro, e avança com a reconversão de um eucaliptal em floresta autóctone. Sara Pinto, bióloga da associação, explica que “o restauro ecológico está a ser feito numa mancha de eucaliptal, que pode ser observada da estrada de quem vai de Vimioso para Mogadouro, é uma das maiores manchas de eucaliptal do concelho de Vimioso. Pretendemos apoiar a regeneração natural, cortar os eucaliptos que aí estão nessa área, que felizmente já está a acontecer com azinheiras, sobreiros e alguns zimbros”.

A área abrangida por esta ação pertence à Rede Natura 2000, “Dentro desta área da Rede Natura 2000, estão documentados quais são os habitats e que espécies existem, de acordo com a legislação europeia, que devem ser preservadas. O nosso primeiro passo foi ir ao terreno e mapear onde ocorrem estes habitats. Um habitat que é bastante expressivo nesta zona é dos bosques de zimbros e sobreiros”, diz Sara Pinto. A Rede Natura 2000 é uma rede de reservas naturais protegidas, criada pela União Europeia com o objetivo de dar proteção às espécies e habitats mais ameaçados da Europa.

O projeto, que conta com a parceria da PALOMBAR – Associação de Conservação da Natureza e do Património Rural, irá integrar também ações de educação ambiental, dirigidas aos agricultores e comunidade escolar.

Deixe o seu comentário

Skip to content