A denúncia partiu da ATEP e da FENPROF. Acusam o Ministério da Educação de ter deixado de renovar os equipamentos das escolas e relatam situações de professores com filhos isolados sem direito a declaração do delegado de saúde que lhes permita ficar em casa. 

Em comunicado, a ATEP – Associação Todos pela Escola Pública e a FENPROF – Federação Nacional dos Professores, denunciam que muitos alunos de escolas públicas obrigados a ficar em isolamento por motivos da covid-19 estão privados de acompanhar as atividades letivas por falta de equipamentos e acesso à internet. 

Mariana Pereira, vice-presidente da ATEP, refere que existe a burocracia instalada nas escolas com as alterações decorrentes da covid-19, falta de tempo para planeamento de aulas em regime presencial e online, bem como a ausência de orientações claras para a avaliação dos alunos que se encontram em isolamento profilático. Os docentes não acreditam ter tempo para dar a matéria toda e sentem que não dão o devido acompanhamento aos alunos. “Temos comunidades educativas a tentarem fazer o melhor que é possível para quem está no terreno a vivenciar situações difíceis, urge agora que as tutelas cumpram com a sua parte”, afirmou. 

Mário Nogueira, secretário-geral da FENPROF, frisa que “o problema é que o Ministério da Educação deixou de renovar os equipamentos das escolas, hoje verdadeiramente ultrapassados, e apesar do Primeiro-ministro ter afirmado em abril que as escolas abririam em setembro já devidamente equipadas, isso não aconteceu”. 

A vice-presidente da ATEP informa ainda que “temos encarregados de educação com apenas um filho em isolamento profilático e a ter que transportar diariamente os restantes filhos à escola, enquanto aguardam por uma declaração médica que garanta o resguardo a que a situação obriga. Há ainda casos de professores com filhos em casa em isolamento e que têm de continuar a trabalhar porque, ao contrário dos outros pais, não recebem uma declaração do delegado de saúde local para ficarem em casa com os filhos”.  

Deixe o seu comentário

Skip to content