Ambientalistas contra corte de árvores em Nelas

Está previsto que várias árvores, entre as quais um sobreiro centenário, sejam abatidas devido às obras de modernização da Linha da Beira Alta. Os ambientalistas defendem alternativas e vão fazer um cordão humano este domingo.
Sobreiro

A Associação AZU, Ambiente nas Zonas Uraníferas, a Quercus e a associação de produtores florestais Florestalnelas promovem este domingo pelas 15 horas junto à Urbanização do Cachafal um cordão humano para protestar contra o abate previsto de várias árvores, entre as quais está um sobreiro centenário, em Nelas, no âmbito da modernização da Linha da Beira Alta.

Segundo um comunicado da AZU pretende-se “reverter a situação, sensibilizando quem de direito e proteger o meio ambiente”, defendendo-se haver “outras alternativas que preservam essas árvores”.

Ao Jornal do Centro, António Minhoto, presidente da AZU, critica especialmente a proposta de destruição do sobreiro centenário: “entendemos que é um erro abater uma espécie protegida, ainda para mais nesta situação de seca e numa altura em que a qualidade do ar está a ficar cada vez pior”.

O dirigente associativo explica não ser “contra o progresso e a renovação, mas não pode valer tudo e não pode ser feito destruindo árvores como esta e contra as pessoas”. Refere-se a oposição ao traçado dos moradores da Urbanização do Cachafal que já apresentaram à Infraestruturas de Portugal uma ideia de alternativa ao projeto de modernização da Linha da Beira Alta. A população é “contrária ao alargamento para cima quando deve ser ao contrário no sentido de quem vem da Guarda à direita e não à esquerda”, esclarece Minhoto.

Publicado por Esquerda.net a 6 de fevereiro de 2022

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts
Ler Mais

Covilhã: Festival Y#18 apresenta “Fogo Lento”

No dia 28/04/2022 (quinta-feira), às 21:30, no Auditório Teatro das Beiras, Covilhã, a Quarta Parede apresenta o segundo espetáculo do Festival Y#18: “Fogo Lento”. Este é um espetáculo de teatro e performance de Gostanza Givone.
Skip to content