Foto de Câmara Municipal de Carregal do Sal

Eleito do Bloco de Esquerda na Assembleia Municipal de Carregal do Sal queixa-se que o Estatuto da Oposição foi “claramente desrespeitado”. 

O eleito do Bloco de Esquerda na Assembleia Municipal de Carregal do Sal, Diego Garcia, refere que “o Estatuto da Oposição foi claramente desrespeitado no que concerne ao Bloco” e acrescenta que “até poderíamos viabilizar o documento devido a propostas como reforço de 33% das verbas às freguesias ou a aquisição do autocarro, mas votamos contra por uma questão de princípio”. 

Para o Bloco, “apanhamos esta discussão já na fase final” depois de ter sido solicitado, à Câmara Municipal, uma alternativa à participação presencial do partido na reunião onde foi apresentado o Orçamento Municipal e as Grandes Opções do Plano pelo Executivo Municipal. “Ainda hoje espero resposta senhor Presidente”, referiu Diego Garcia na intervenção da Assembleia Municipal realizada no passado dia 18 de dezembro. 

“Dirá-me: Tivesse arranjado um substituto. Mas nem isso foi motivo de email, sendo que me parece completamente surreal uma autarquia do século XXI, inclusive e bem, com ecrãs públicos em alguns pontos da vila, o que pode traduzir-se numa aposta nas novas tecnologias, pensar em arranjar uma desculpa como: Não temos condições para fazer isso. Só é necessário uma câmara, um microfone e um computador na sala onde a reunião se vai realizar”, referiu o eleito do Bloco na sessão ordinária da Assembleia Municipal. 

Intervenção do Bloco de Esquerda no 3.1 Orçamento Municipal e Grandes Opções do Plano na Sessão Ordinária da Assembleia...

Publicado por Carregal Positivo em Segunda-feira, 21 de dezembro de 2020

Diego Garcia afirmou que “o Bloco apresentou um conjunto de propostas, tal como costuma fazer todos os anos, e foram enviadas ao Executivo e aos restantes partidos com assento nesta Assembleia Municipal”. Algumas das propostas são a criação de Planos Municipais, como na área da mobilidade, habitação ou bem-estar animal. 

“Por tudo isto, e porque o Bloco sempre teve, durante os últimos três orçamentos uma posição construtiva e transparente, tendo inclusive votado a favor do orçamento para 2019, votamos contra este Orçamento Municipal”, sublinhou o deputado bloquista. 

Em resposta, o Vice-Presidente da Câmara Municipal afirmou que “já tínhamos testado anteriormente o formato de videoconferência e tinham acontecido problemas técnicos” e acrescentou “que podíamos ter dado resposta ao email, foi um lapso”. 

Deixe o seu comentário

Skip to content