A Caminhada inicia-se pelas 08H30 junto à antiga Etar 1 e tem como objetivo alertar para a realidade de contaminação que o concelho de Nelas vive.

A organização, da Associação Ambiental AZU (Ambiente nas Zonas Uraníferas), considera que na situação de crise pandémica atual se torna ainda mais necessária a defesa do ambiente. 

Em Nelas estão a ser lançados resíduos para o meio hídrico (ribeiras e rios), que destroem não só a fauna e flora como a própria saúde pública. Os resíduos virão de descargas poluentes de grandes empresas da região. Além disso, a população deste concelho é ainda confrontada com o não tratamento dos resíduos domésticos por parte da autarquia, uma vez que as ETARS de Nelas não funcionam e os “esgotos correm a céu aberto”. 

É perante este cenário que é convocada a Marcha em Defesa do Ambiente. Contra a poluição do meio hídrico de Nelas (Rio Mondego, Rio Dão e outros cursos de água), contra o não funcionamento das ETARs, mas também reivindicando o rápido funcionamento da ETAR n.º 3, cujo início de funcionamento tem vindo a ser protelado.

Cumprindo o distanciamento físico, o percurso inicia-se na ETAR n.º 1, em direção à ETAR n.º3 e termina no Largo do Município.

Deixe o seu comentário

Skip to content