Foto por Joni Ledo

O Bloco de Esquerda visitou, esta sexta-feira, a CERCIMAC (Cooperativa de Educação e Reabilitação de Cidadãos Inadaptados) em Macedo de Cavaleiros. Esta visita contou com a presença do cabeça de lista do Bloco à Assembleia da República pelo distrito de Bragança, Pedro Oliveira.

Visita à CERCIMAC | Foto de Joni Ledo

A CERCIMAC é uma cooperativa de Solidariedade Social que promove a inclusão social de pessoas com deficiência. Fundada em 2004, centra a sua capacidade de intervenção nos domínios da Intervenção Precoce, Atividades Ocupacionais e Socialmente úteis, Atividades de Tempos Livres e Lar Residencial.

Após visita às instalações, Pedro Oliveira considera que a CERCIMAC desempenha um papel importante, em prole das pessoas com deficiência e das suas famílias. Mostrou-se satisfeito pelo facto de a CERCIMAC ter CAVI (Centro de Apoio à Vida Independente), cujo projeto está em fase de implementação. O projeto CAVI já foi aprovado e servirá, numa fase inicial, 10 pessoas, mas a ideia é alargar a mais pessoas.

Visita à CERCIMAC | Foto de Joni Ledo

No que diz respeito às instalações, o candidato indica com satisfação que o espaço é amigável, com as mais variadas atividades, incluindo a estimulação sensorial que “não se encontra em praticamente nenhuma associação deste tipo e que é essencial para a estimulação das competências cognitivas e motoras”.

Considera, também, que, para o Bloco de Esquerda, o futuro terá de passar pela consecutiva desinstitucionalização das pessoas com deficiência e a sua total integração, quer no mercado de trabalho, quer na sociedade, promovendo a vida independente a estas cidadãs e a estes cidadãos. “As pessoas com deficiência devem ter direito à sua vida, de forma autónoma, e a sua inclusão deve ser estimulada. Em pleno século XXI, não podemos continuar a considerar a diferença como algo mau, mas simplesmente, como algo diferente.”

(Escrito por JL)

Deixe o seu comentário

Skip to content