Bloco de Esquerda da Guarda está solidário com os trabalhadores do Setor da Conservação da Natureza e Florestas e vai questionar a CIM-BSE (Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela) sobre problemas relatados.

As candidaturas do Bloco de Esquerda à Guarda reuniram no passado dia 9 de setembro com o Coordenador Nacional do Setor da Conservação da Natureza e Florestas do Sindicato Nacional da Proteção Civil.

Na reunião onde estiveram representadas as candidaturas autárquicas à Câmara Municipal, Assembleia Municipal e Assembleia de Freguesia, foram abordados vários temas sobre a importância da Brigada de Sapadores Florestais CIM-BSE e a urgência de serem resolvidos vários dos seus problemas concretos, nomeadamente, enumera o Bloco em nota de imprensa:

  1. Integração na Carreira de Sapador Bombeiro Florestal, força recentemente criada pelo ICNF;
  2. Atribuição do Suplemento de Penosidade e Insalubridade;
  3. Aplicação indevida pela CIM-BSE de um banco de horas que não foi assinado por ninguém;
  4. Ausência de pagamento de trabalho suplementar desde 2019;
  5. Indefinição do futuro da Brigada depois do fim do contrato com o ICNF (contrato de 3 anos).

“O Bloco de Esquerda está solidário com estes trabalhadores e irá questionar a CIM- BSE sobre os problemas que foram abordados”, rematam.

 

Deixe o seu comentário

Skip to content