Concertos, cinema, oficinas de teatro do oprimido e laboratório experimental na programação de fevereiro do Carmo 81

O espaço cultural Carmo’81, em Viseu, lançou a programação para o mês de fevereiro com concertos, cinema, oficinas de teatro do oprimido e laboratório experimental. Conhece todo o programa.
Programa Carmo’81 Fevereiro de 2022

A programação do espaço do número 81 da Rua do Carmo, em Viseu, começa no dia 4 com o concerto de Miguel Ângelo Quarteto, um concerto do ciclo de Jazz do Gira Sol Azul e termina, no dia 25 com Fumo Ninja, um grupo de quatro focados na “exploração da pop por meios não ortodoxos”.

Pelo meio a projeção do documentário ‘Olhares sobre o Racismo’ em parceria com a Associação SOS Racismo, como forma de comemorar o 30.º aniversário desta associação. É no dia 5 de fevereiro às 18 horas.

Também na programação ‘Cuircuit Bending’, laboratório de experimentação e exploração de Cezar Estrela decorrerá nos dias 12 e 13 de Fevereiro com apresentação pública do resultado dia 13 pelas 19h.

Já a equipa do Laboratório de Teatro & Política, que arrancou em 2021 no Porto, dinamizará nos dias 17, 18 e 19 de fevereiro, uma oficina de Teatro do/a Oprimido/a na cidade de Viseu.

 

Concerto | Ciclos de Jazz Gira Sol Azul

MIGUEL ÂNGELO QUARTETO

04.02/ 22h00

Depois de ter lançado “BRANCO”, o álbum de estreia do grupo, em 2013, e o disco “A VIDA DE X”, em 2016, o Quarteto, liderado pelo contrabaixista e compositor Miguel Ângelo, promove, agora, o terceiro trabalho do grupo – “DANÇA DOS DESASTRADOS”. Mantendo a formação em quarteto com os seus habituais companheiros – João Guimarães no Sax Alto, Joaquim Rodrigues no Piano e Marcos Cavaleiro na Bateria -, o novo álbum é a continuidade do trabalho e da maturação do compositor e do grupo, que se apresenta mais criativo, inspirado e maturado.

Baseado em possíveis Danças Tradicionais, reais ou imaginárias, esta é a proposta do grupo de música para escutar, sentir e dançar, mesmo para os mais “desastrados”.

O Quarteto:
Miguel Ângelo: Contrabaixo e Composição
João Guimarães: Sax
Joaquim Rodrigues: Piano
Marcos Cavaleiro: Bateria

Cinema | 30 anos de SOS Racismo

OLHARES SOBRE O RACISMO

05.02/ 18h00

“Olhares sobre o racismo” assinala o 30º aniversário do Movimento SOS Racismo e dá voz a intervenientes do debate sobre a questão racial em Portugal, cruzando múltiplos testemunhos de comunidades racializadas, negras, ciganas e migrantes, e contributos de várias figuras da mobilização social e política, refletindo a interseccionalidade, a diversidade e a transversalidade das várias frentes do combate contra o racismo. Enquanto instrumento de debate, mobilização e consciencialização para o combate ao racismo, este documentário pretende contribuir para a construção de respostas políticas eficazes contra a discriminação racial.

Ficha técnica:
Bruno Moraes Cabral
Eddie Pipocas
Dércio Tomás Ferreira

Documentário | 31m | M/12
Portugal, 2020

Laboratório Experimental

CIRCUIT BENDING

13.02/ 19h00

Circuit Bending é como explorar um lugar sem mapa, trajectos fora do circuito, com essa disposição para sons e imagens de um caminho desconhecido e improvisado. Aleatoriamente, num circuito sonoro, erguemos pontes (shunts) para exaltar sons caídos. Arte sonora e Plástica, Tuning! Mutação sonora e visual em dispositivos sonoros de baixa tensão como brinquedos, sintetizadores, leitores, etc.

Este laboratório de experimentação e exploração de Cezar Estrela decorrerá nos dias 12 e 13 de Fevereiro com apresentação pública do resultado dia 13 pelas 19h.

Inscrições gratuitas: bilheteiracarmo81@gmail.com

Oficina de Teatro

TEATRO DO OPRIMIDO

19.02/ 19h00

A equipa do Laboratório de Teatro & Política, que arrancou em 2021 no Porto, dinamizará nos dias 17, 18 e 19 de fevereiro, uma oficina de Teatro do/a Oprimido/a na cidade de Viseu, em parceria com o Carmo 81. Esta oficina pretende ser uma introdução à metodologia do Teatro do Oprimido, nascida nos anos 70 pelas mãos de Augusto Boal, que utiliza a linguagem teatral para pôr em comum problemas que fazem parte do nosso quotidiano, analisar e discutir os sistemas de opressão e as estruturas de poder que os sustentam e apontar possibilidades de ação coletiva. A oficina terá a duração de 16 horas, onde serão partilhadas algumas das técnicas de TO (teatro-jornal, teatro-imagem e teatro-fórum), partindo das experiências, vontades e conhecimentos prévios dos e das participantes. Haverá um momento final de abertura da oficina ao público que esteja interessado em ajudar nas soluções dos problemas encontrados.

Inscrições gratuitas:bilheteiracarmo81@gmail.com

Concerto

FUMO NINJA

25.02/ 22h00

Fumo Ninja é um grupo de quatro agentes secretos dedicados à exploração da pop por meios não ortodoxos.
Suspeita-se que as identidades deste grupo sejam Norberto Lobo (baixo) Leonor Arnaut (voz) Raquel Pimpão (teclas) e Ricardo Martins (bateria). Em conjunto, procedem à extração de amostras do inconsciente colectivo com a picareta onírica e levam-nas para laboratório. Aí fazem experiências com variadas substâncias químicas – R&B na placa de petri, free no tubo de ensaio, soluções homogéneas e heterogéneas, explosões púrpura e anil. Eles não vão parar até encontrar a poção. E tudo em nome da Deusa.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts
Ler Mais

A Região para cá do Marão!

A Constituição da República Portuguesa de 1976 prevê a criação das regiões administrativas, de forma a haver um…
Ler Mais

Que momento é este?

Retirada de JHU – CSSENa passada semana escrevi uma crónica sobre o novo Coronavírus. Essencialmente informativa sobre medidas…

Acessibilidades no Interior

Foto de Rádio Cova da Beira | FacebookHá várias décadas que as populações do concelho de Resende sonham…
Skip to content