Foto por Nuno Madeira Alves / CC BY-SA (https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0)

A proximidade de uma concessão de volfrâmio e estanho na localidade espanhola de Calabor, que tem passado despercebida em Portugal, preocupa pela sua proximidade a Rio de Onor e ao Parque de Montesinho, em Bragança. O estudo de impacto ambiental (EIA) está em consulta pública até dia 21.

Segundo notícia do Jornal de Notícias (JN), foi com espanto que a população da fronteira em Bragança soube que poderá surgir uma exploração de volfrâmio e estanho, com extração a céu aberto e lavagem de inertes, na zona de Calabor (Espanha), a apenas cinco quilómetros de Rio de Onor e a dois quilómetros do Parque de Montesinho.

A concessão que prevê a utilização de uma grande área de terreno, tem sido contestada por associações ambientalistas espanholas, uma vez que está projetada para uma zona de alto valor ecológico na Rede Natura 2000 e dentro da Zona Especial de Conservação da Serra da Culebra.

O EIA aponta diversos impactos negativos para a vegetação mas sobretudo a nível da fauna, onde “o efeito mais óbvio é produzido pela destruição do habitat [de várias espécies]”, refere o documento, segundo o JN.

João Branco, do núcleo de Vila Ral da Associação Ambientalista Quercus, em declarações ao JN, dá exemplos de quais as espécies que podem ser afetadas, como a toupeira de água, cuja presença é confirmada pelo EIA, “que é muito rara” ou o lobo ibérico que é espécie emblemática do Montesinho e protegida em Portugal. 

Lembrou ainda que Montesinho é um território de passagem de muitos animais “e até um urso lá foi detetado”. O projeto implica também a instalação de uma linha de alta tensão “que pode ter influência em aves em vias de extinção, como a água-real e a de bonelli”.

Outras fontes de preocupação são o arrastamento de poeiras e o facto de a mina estar planeada para a bacia hidrográfica do Douro, “prevê-se que os cursos de água e as subterrâneas venham a ter alguma contaminação”, sublinhou o ambientalista.

Deixe o seu comentário

Skip to content