CooLabora tem novo projeto para combater desigualdades de género na Covilhã

A associação de intervenção social CooLabora viu aprovado um novo projeto que tem como objetivo combater desigualdades de género na Covilhã.
Associação CooLabora
Associação CooLabora

A Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género (CIG) aprovou o financiamento de um projeto da CooLabora, com a duração de um ano, que passa pela realização de várias campanhas de defesa dos direitos das mulheres que serão realizadas no terreno por meia centena de jovens, “que assim dão expressão a uma cidadania ativa”, segundo avança em comunicado a associação.

A CooLabora, que tem como parceiras a Casa do Menino Jesus e a Universidade da Beira Interior, encontra-se já a preparar o programa para assinalar o 8M – Dia Internacional das Mulheres, “com várias iniciativas disruptivas.”

“Está assim garantida a continuidade do ativismo jovem que já vai sendo a imagem de marca da CooLabora e que começou há mais de dez anos com o UBICool, voluntariado universitário para uma cultura de paz e não-violência e que tem perdurado, ultimamente através do Coolaboratório, jovens activistas pelos direitos humanos.” conclui a CooLabora.

Related Posts
Ler Mais

2021 do Avesso – É o Interior um mero armazém de recursos?

O Interior não pode continuar a ser visto como um armazém onde vale tudo: o extrativismo, a poluição, a precariedade laboral… Por isso continuamos a virar o Interior do Avesso, continuamos a ser uma plataforma de denúncia e divulgação das lutas dos coletivos, movimentos e cidadania do Interior, no Interior, para o mundo!
Skip to content