Descargas poluentes no rio Tua chegam à cidade de Mirandela

Foto de Abilio Ciríaco | Facebook
No passado domingo na ponte do açude, cidade de Mirandela, era possível observar uma quantidade avultada de peixes mortos e a água do rio apresentava-se muito suja. Segundo as autoridades este acontecimento estará relacionado com descargas a montante, na zona do Eixes, ocorridas a 22 de setembro, e que estão já a ser investigadas pela GNR (SEPNA) e a Agência Portuguesa do Ambiente (APA).

A poluição no rio Tua e as descargas criminosas são recorrentes, havendo suspeita de que a origem esteja numa fábrica da zona que tem vindo a ser alvo de contestação também pelos fumos e nevoeiros que alegadamente estão na origem de frequentes acidentes em cadeia na estrada que liga Mirandela a Valpaços.

Com o alastrar da mancha de poluição até à cidade de Mirandela, o ICNF sugeriu a suspensão da atividade da pesca por tempo indeterminado, o que levou o Clube de Caça e Pesca de Mirandela esta terça-feira a publicar um edital a proibir a pesca desportiva na sua área de concessão do rio Tua (entre o Açude do Gomes até ao açude do Choupim, incluindo a Ribeira de Carvalhais).

Em declarações à Lusa, João Ribeiro, presidente do Clube de Caça e Pesca de Mirandela, afirmou que por agora a pesca está proibida nesta área. Porém, após a reposição da qualidade da água, a instituição irá ponderar se será retomada ou não a prática de pesca desportiva uma vez “há que pensar na recuperação das espécies” afetadas pela mortandade dos últimos dias.

(Escrito por MFS)

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts
IP3. Foto Interior do Avesso.
Ler Mais

PSD já fala em portagens no IP3

Os deputados eleitos por Viseu do PSD falam em colocar portagens na IP3 como solução para terminar as obras do IP3, entre Santa Comba Dão e Coimbra.
Skip to content