A plataforma foi lançada a 27 de março de 2020 para denunciar abusos laborais no período da covid-19. O relatório agora lançado mostra um retrato da irresponsabilidade patronal em tempo de pandemia.

Clique aqui para aceder ao Retrato dos abusos laborais durante a pandemia.

O relatório sintetiza que a plataforma recebeu 1.382 denúncias, num universo de 145 mil trabalhadores.

Neste documento pode conhecer os setores abrangidos por essas denúncias, os tipos de abusos (e qual o seu peso em relação ao global), uma descrição do que aconteceu na primeira vaga de abuso de março e abril de 2020, assim como na segunda vaga de maio a julho e a atual terceira vaga, entre julho e setembro.

Também se analisa como agiu a Autoridade para as Condições do Trabalho e as principais dificuldades encontradas. Por fim, são apresentadas as propostas do Bloco para responder ao abuso.

Artigo publicado em esquerda.net

Deixe o seu comentário

Skip to content