Foto por União Audiovisual | voltaaportugal.uniaoaudiovisual.pt

Os alimentos doados vão chegar aos trabalhadores dos audiovisuais que deles mais precisem. A União Audiovisual é movimento informal que surgiu em plena crise pandémica para ajudar os profissionais do setor que ficaram sem rendimentos.

Sem a possibilidade de realizar eventos, muitos técnicos de som, de luz, maquilhadores, produtores, técnicos de espetáculos, artistas, cabeleireiros, catering, encenadores, entre outros, ficaram sem trabalho e sem rendimentos. É a favor destes profissionais que está a ser organizada a campanha que surgiu em Lisboa mas se espalhou a todo o país.

A iniciativa está a decorrer em paralelo com uma volta a Portugal em bicicleta que o produtor Tiago Cação está a promover pela causa. A volta passa por Bragança hoje, dia 8, e serão entregues à equipa os alimentos que têm estado a ser recolhidos em vários pontos de espalhados pela cidade.

A volta foi organizada de modo a passar na maioria das regiões do país. Desde dia 4 que Tiago Cação tem pedalado por centenas de quilómetros, expandido o âmbito da União Audiovisual. “A tour que não queria fazer” consistirá num total de 2200 km em várias etapas.

Deixe o seu comentário

Skip to content