Os pais e encarregados de educação do Jardim de Infância de Marzovelos estão preocupados e revoltados com a falta de funcionários no estabelecimento, a situação já foi comunicada mas continua sem data para resolução.

Segundo denúncia feita ao Interior do Avesso a falta de funcionários irá implicar que o encerramento da instituição pública de ensino pré-escolar, que inicia atividades letivas dia 18, ocorra às 16H30, pois não existem funcionários suficiente para assegurar o prolongamento.

A situação no jardim de infância, integrado no Agrupamento de Escolas Grão Vasco, revolta e preocupa os encarregados de educação que ficam sem componente de apoio à família no período da tarde e, portanto, sem local para deixar os filhos, “como é que os pais vão fazer?”.

Ainda segundo a denúncia, existe no pessoal do estabelecimento “pelo menos uma baixa há bastante tempo”, que “nunca foi substituída”. “Havia 10 funcionários nos meses iniciais da pandemia para 30 ou 35 alunos”, agora no arrancar do novo ano letivo, “com 100 meninos têm apenas 6 e não conseguem assegurar o prolongamento depois das 16H30”.

A falta de funcionários já terá sido reportada ao Agrupamento e à Câmara Municipal de Viseu, mas continuam as incertezas sobre quando será resolvido o problema.

 

Ver também:

Risco de falta de profissionais nas escolas no próximo ano letivo

Deixe o seu comentário

Skip to content